quinta-feira, 21 de julho de 2016

Presa na estação de ônibus!

Sabe aquele dia em que tudo dá errado? Então, hoje está sendo um deles. E se eu te contar que estou no banheiro da estação de ônibus escrevendo isso pra vocês agora, vocês acreditariam em mim? No final deixo uma prova pra vocês.
Vou começar contando como tudo começou. . .
Hoje acordei bem cedo para ir trabalhar, pois como toda quarta feira no meu trabalho fazemos uma hora a mais, então consequentemente acordo uma hora mais cedo. Tomei banho, me vesti como todos os dias de costume, tomei meu café e por ai vai. Quando eu percebi que deu a hora de sair de casa, desci até o ponto de ônibus como todos os dias eu faço, quando avistei que o I02 ( o ônibus que pego para ir até a estação para pegar outro) parou no ponto, com o impulso sai correndo pra poder pega-lo dei o santo sinal pra ele continuar no ponto mas e ai? Quem disse que ele ficou? Ficou nada, só vi a fumaça do escapamento indo embora. No final das contas tive que esperar outro ônibus descer. Peguei outro ônibus e rodei a catraca, coloquei meu cartão do ônibus que também é passe livre para ir a faculdade ( no caso, passe livre é usar o ônibus sem pagar nada), dentro do bolso da minha mochila, e peguei meu celular pra ver as mensagens. Até ai tudo bem, desci do ônibus e fui até o próximo ponto pra pegar outro transporte para ir até o meu trabalho ( que se localiza em outra cidade) e ele estava parado no ponto, sai correndo novamente pra não perder esse ônibus de novo quando de repente. . . Cadê meu cartão???? Meuuu, eu perdi meu cartão com  mais de quarenta passagens do meu trabalhoRetirei tudo o que estava em minha bolsa pra ver se não joguei lá dentro, fiz a limpa e nada. Liguei desesperada pra minha mãe e ela saiu de casa pra me emprestar o cartão dela. Juro pelo bom Deus que eu não sou tão desligada assim, além de tudo me atrasei uma hora para chegar no meu trabalho ainda mais, sai bem mais tarde do que iria sair.
Mas bem, o que mais posso fazer? Rir de mim mesma e de que vou demorar pra fazer outro cartão e ter que pagar 40,00 reais para obter outro :'( . Agora é torcer para que eu não perca o outro que eu fizer .... Hehehe.

Cruella <3

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Deus dai me a graça!

Sempre quando alguém tenta me colocar contra a parede ou, tenta fazer algo de errado comigo percebo logo de cara, mas confesso que nem sempre fui assim. Antigamente, quando era bem mais nova eu mergulhava nas idéias que as pessoas tinham de mim, dos elogios que me davam ou como me tratavam e consideravam, até que aos poucos fui descobrindo que elas realmente eram. Hoje, agradeço a Deus pelos erros cometidos e por ter dado certa confiança e liberdade a essas pessoas, pois agora sei bem com quem eu falo e percebo logo as suas intenções.
Percebo que hoje tenho experiência em ver o que a pessoa tem por trás de uma "amigável aparência", e realmente só a aparência é amigável porque o resto o tempo revela. Confesso que na minha nova futura família as coisas são bem assim, tive que dar um chaqualhão no meu namorado pra ver se ele acordava, e olha que não foi nada fácil fazer ele perceber isso.
O que vem agora? Eu realmente não sei, mas aposto que vou me sair bem, pois experiência com a convivência com esse tipo de pessoas acho que tenho o suficiente, e se eu não tiver, criamos essa tal sabedoria e seguimos em frente, pois sei que sempre vou ter que encarar isso novamente, e novamente e novamente.

CRUELLA <3

terça-feira, 21 de junho de 2016

AH! Doce Anemia . . .

Quando tratamos do assunto anemia eu sempre sou a primeira acusada na discussão de mesa. Essa semana, descobri uma baixa na minha Hemoglobina, de 12,9 do normal, estava em 11,5, ai já viu a famosa cena dos olhos da pessoa aqui se revirando ao escutar o sermão da montanha da minha família. As pessoas sempre me julgam, sempre me falam o quanto sou magra e que eu deveria engordar mais um pouco, já cheguei escutar um "menina, você sendo magra desse jeito nunca vai arrumar um namorado", ou " Nossa como você consegue comer tanto e manter os palitos amostra?". Sempre quando saio para ir ao shopping, ou para ir ao um parque aquático no verão me sinto diferente das outras mulheres jovens que são mais corpulentas e mais bem vistas. O problema é que eu sou magrela e baixinha, e todos me julgam mal.
Já cheguei a ouvir do meu professor de laboratório da faculdade de enfermagem ( a qual eu estou cursando o 4 semestre), " você será uma ótima enfermeira, mas daria tudo para ver você dar um banho no leito, só pra ver você tentar virar o paciente!". Caraaa! Que chato isso, as pessoas medem força com o tamanho dos seus braços e pernas. Tá, ok, eu não consegui mesmo virar o boneco sem nenhuma dificuldade sozinha, mas eu estava no meio de um prova prática e eu estava muito nervosa e minhas forças fugiram mesmo.
Mas a questão desse desabafo é que, eu estou cansada de me ver e ver outras moças e moços que são julgados pela sociedade que devemos nos entupir de comida e sermos iguais a eles, padrões de beleza e anatomia humana são diferentes. Os pontos anatômicos do seu corpo é o mesmo que o meu, mas a sua anatomia é diferente da minha, você pode ter mais massa gordurosa do que eu, e eu posso ter mais pelos pelo meu corpo do que você. Nós fomos feitos para nos adaptar ao meio externo, e cada um sobrevive de um jeito, seja ele gordinho ou magrelo alto, somos iguais e a anemia pode atacar o corpo mais esbelto e saudável o quanto antes podemos imaginar. Eu já vi varias pessoas acima do peso com anemia, ou com uma diabetes daquelas ferozes, mas a questão é, não deveríamos estar felizes com a nossa saúde em dia do que a condição física da pessoa?
Eu realmente me faço essa pergunta pelo menos uma vez na semana, por que sempre, sempre vão me fazer lembrar o quão magra sou pra minha idade e que nunca vou me casar por causa da minha magreza. AH! E claro, sempre vou ser a magrela com baixa de 1% na Hemoglobina.
Cruella <3

domingo, 24 de maio de 2015

Se for para ser assim, então não fique!

      É difícil dizer para alguém ficar na sua vida. Hoje não imploro a mais ninguém que fique ao meu lado, se quiser ir vai, mas se quiser ficar, que não seja por dó e muito menos por sentimento de culpa. Não quero forçar a ninguém ser uma pessoa que sirva só para me agradar, pois sei muito bem me virar na solidão e com ela aprendi que mesmo aparentemente sozinha eu não estou. Aprendi em muito pouco tempo de vida que, quando sonhamos acordados com aquela vida "perfeita" é apenas uma maneira de fugir da dor da realidade. As pessoas que passaram na minha vida e me fizeram algum mau, me ensinaram a caminhar sem me apoiar nas paredes, aprendi a me virar com o que eu tinha na mão e a dar valor para aqueles que realmente permaneceram não pelo o que eu tinha, mas por quem sou.

        Quero deixar claro que ainda estou magoada e que está difícil para voltar a rotina. É difícil entrar em uma igreja e não ver a disputa de "quem é o melhor", o melhor cantor; o melhor pregador; pastor; bispo etc. As pessoas esqueceram os valores e escandalizaram o evangelho, esqueceram que a palavra e a benção  de Deus é para todos, mesmo aqueles que pecam tem o direito de ter fé que Deus o possa perdoar, essas pessoas não precisam ser julgadas por seus pecados e erros, não é só porque você está dentro de uma igreja que tem o direito de julgar e falar que ele não tem perdão. Se você não perdoa, quem irá te perdoar?

    Hoje quero deixar bem claro que a minha fé nas pessoas se esgotou, quero dizer que não deixei de acreditar em Deus, mas deixei de acreditar no que as pessoas idealizam e dizem quem é Deus. Deus pra mim é aquele que perdoa a todo mundo que erra; que acolhe; que limpa as feridas e te dá um motivo novo para continuar a viver. Parem de dizer o que é certo e o que é errado de se fazer, isso só vai confundir mais a cabeça das pessoas, pois o tempo muda e com ela muda-se a geração, deixe que Deus fale por nós mesmos quando abrimos a bíblia e entendemos o que ele quis dizer  para nós, não se dê um de entendido, pois muita das vezes isso acaba machucando e fechando de vez a porta de esperança que essa pessoa tem no coração dela.
      Não vou pedir para que ninguém fique ou corra atrás de mim, se for para mentir e me fazer sofrer, que desapareça, mas que me deixe sozinha e feliz para viver em paz. Em paz comigo mesma, em paz com a minha fé em Deus! 




       Cruella <3

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Aprendi a crescer ...


Bem, não tenho escrito no blog faz alguns meses por conta da faculdade, realmente nesses últimos dias tem sido corrido por conta de provas e entregas dos primeiros trabalhos ( e como são terríveis esse trabalhos ). Mas agora que estou com um tempinho livre e como prometi, vim falar pra vocês como anda as coisas comigo.
Eu descobri que, por mais madura você acha que está nunca vai ser o suficiente, nunca vai se encontrar no meio da multidão ainda mais, quando você é a mais nova da sua turma. O ruim de ingressar em uma faculdade logo após que você sai da escola e que, você sempre vai se achar inferior a tudo e a todos, mas as coisas realmente mudam quando você vê a nota das suas primeiras provas. . . Aí, as coisas não são tão ruins quanto parece, a gente sempre pode provar para nós mesmos que não somos diferente dos outros, apenas somos normais e capazes de fazer coisas incríveis sem querer ver o outro mal ou derruba-lo.
Jurei que no meu primeiro dia de aula iria ficar sozinha por um bom tempo, mas acabei me encaixando o mais rápido que parece, converso com gente mais velha e não me sinto uma criança no meio deles, eles me tratam como uma pessoa normal e principalmente adulta, e isso não me faz sentir inferior a ninguém. É, realmente agora parece que as coisas vão ser melhores e diferentes daqui para frente. (Eu realmente tenho que agradecer a Deus por isso 🙌) .




Cruella <3