quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Agora mais confusa do que nunca e com medo . . .

                     Sei que pode ser besteira, mas aposto que com vocês passam as mesmas coisas que passam em minha mente. 

         Eu deveria estar preocupada em passar em uma faculdade ou fazer algum curso técnico, mas eu realmente virei uma aventureira de primeira viajem e estou adorando isso. Mas toda hora antes de dormir fico pensando, se eu estou fazendo a coisa certa, que vou decepcionar  muita gente da minha família e amigos, será que eu vou me arrepender  e coisas do tipo. Eu realmente estou adorando escrever aqui no blog e na minha Fanfic, mas eu sempre penso se é realmente isso que irei fazer, se vou ser uma escritora ou uma médica, de como que eu posso querer viajar o mundo inteiro sozinha sem ter um objetivo do que fazer e como vou me sustentar, como e qual vai ser essa maneira. Talvez isso seja normal de se pensar, mas em excesso já vira besteira (Bem, assim eu acho...), qual seria a melhor forma de dizer que estou confusa sem mostrar que isso se tornou um medo terrível em minha mente? 

       Bem, agora terminei de falar que estou com medo do que vai acontecer depois que eu sair da escola. O que irei fazer? O que vai ser da minha vida? Será que consigo passar na faculdade ou em alguma delas??

    Queria ter o poder de pular pro futuro e descobrir o que vou estar fazendo; e com quem irei estar, mas a vida é injusta assim mesmo e se não fosse pelas pequenas coisas, sentimentos, a vida não teria graça. É esse pensamento que me dá força de pensar que, eu não preciso pular ou descobrir o meu futuro para poder seguir em frente. Quem vive de passado é museu, o presente é agora e o futuro você faz hoje e á Deus ele pertence. Espero que o que escrevi hoje não confunda a cabeça de vocês e que não me chamem de louca.

Cruella  <3

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Perdão. . . Por que não perdoar??

                                                "Nunca julgue um livro pela capa." 

              E assim começa a história . . . Bem, sei que deveria falar sobre a minha viajem mas isso que irei dividir com vocês é mais interessante, (Não, minha viajem  não foi chata, foi incrível e eu adorei, conheci pessoas novas e aprontei muito com a minha mãe. . . hahahaha ).  

           Tudo começa quando eu ouço uma certa frase saindo da boca de uma pessoa, ela disse: Não, ela nunca vai te perdoar e isso eu nunca irei esquecer. Bem para começo de conversa, sou uma pessoa muito sensível quando se trata de sentimento de injustiça, acho que  todos merecem ser feliz e poder errar sem ser julgado, mas quando esse erro envolve a família pode ser mais difícil de compreender o porquê que a pessoa  cometeu tal erro. Nós somos humanos, erramos, acertamos e aprendemos com cada erro e acerto que fazemos, mas falar que não perdoará uma pessoa acho que isso sim é uma verdadeira injustiça. Não sei qual é a crença de vocês mas, independente dela irei citar uma história que a bíblia conta. Jesus na hora em que ele foi crucificado perdoou um ladrão no último minuto da morte deles, Jesus disse também a Pedro que é preciso perdoar não só sete vezes mas setenta vezes sete. Se jesus pode perdoar um ladrão em seu último suspiro e se ele consegue perdoar uma pessoa não só sete vezes mas várias, por que nós não podemos perdoar uma pessoa que peca contra nós?

       Sei que pode ser difícil de entender mas não gosto quando uma pessoa fala, "EU NUNCA IREI. . .", isso é impossível, se você não consegue perdoar uma pessoa da sua família você possivelmente não ama a si mesmo. É preciso perdoar, pois se uma pessoa chega até a você e te pede perdão, ela está realmente arrependida, pois o perdão é uma palavra muito forte para ser dita da boca pra fora.

Significados entre o Perdão e a Desculpa . . .

Perdão: Pedir perdão é quase um suplica por um ato que foi propositadamente feito por um individuo, que teve ou não a intensão de magoar alguém, (mas existem circunstâncias que levam o ato ser feito sem ser propositadamente).

Desculpa: Pedir desculpas é quando você fez algo que acidentalmente deu errado e não teve a intenção de magoar alguém. Exemplo: pisei no pé da minha amiga, mas eu não tinha visto que o pé dela estava ali, mas pedi desculpas para ela pois não era a minha intensão.

    Está ai a grande diferença, você consegue amar verdadeiramente uma pessoa quando você não consegue nem amar a si mesmo?   Então como irá fazer uma boa ação se nem ati mesmo você ama? 

   Pense bem, somos humanos, todos nós erramos mas temos também o direito de ser perdoado.

 Cruella <3

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Carregando Aventuras . . . . . .

Estou começando permitir que coisas boas aconteçam em minha vida, estou vivendo a cada dia como uma aventura, saindo um pouco mais da rotina, fazendo coisas que realmente qualquer um não faz a toda hora. Sei que não vou me arrepender, mas é preciso sempre correr riscos para aprender a andar sozinho, estou me envolvendo com pessoas diferentes, com idéias diferentes acima de tudo. Quero conhecer o mundo, e aprender que não existe só uma cultura, um país, uma terra com flores brancas, rosas e amarelas, sim, quero conhecer pessoas de outras culturas, seja ela africana, indiana, japonesa, mexicana ou americana.

  Hoje para mim para mim tanto faz o que meu vizinho pensa de mim, confesso que fiquei confusa quando minha mãe me chamou para ir pro Paraná esse sábado, mas quis esquecer das minhas lições de casa, meus livros etc... Sei que vai ser uma simples viajem, mas posso transformar ela em uma grande e inesquecível aventura. Talvez essa seja a primeira de muitas viagens, quem sabe no final do ano eu não comesse pela a América do Norte...  :)

Cruella <3